COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR
David Bowie

Homem descobre que seu irmão gêmeo, que nem chegou a nascer, é o verdadeiro pai biológico de seu filho

Um casal de Washington, nos Estados Unidos, teve um filho com a ajuda de uma clínica de fertilidade. Ao saberem que seu bebê tinha o tipo sanguíneo diferente do deles, desconfiaram que a clínica tinha utilizado espermatozoides de outro homem na hora da fecundação, e então resolveram fazer um teste de DNA para descobrir se a criança era realmente filha biológica do casal. Quando o resultado chegou, o casal ficou extremamente chateado ao receber a notícia de que o homem não era o pai biológico da criança.

Ao passar em consulta com um médico geneticista o casal foi aconselhado a realizar diversos testes de DNA, incluindo o exame por saliva (swab) e de ancestralidade genética. O resultado foi surpreendente: o homem era tio do bebê! Sabendo disso, o médico descobriu o que havia acontecido: diagnosticou o homem como sendo uma “quimera humana”.

Uma “quimera humana” é uma pessoa formada a partir de dois óvulos fecundados que se fundem antes do quarto dia de gestação, ou seja, dois óvulos que originariam gêmeos se fundem e originam apenas um indivíduo. Este indivíduo, apesar de não apresentar nenhuma anormalidade aparente, possui “dois DNAs” (um dele mesmo e outro do “irmão gêmeo que não nasceu”).

O que aconteceu no caso do casal de Washington foi que o DNA da saliva do homem era diferente do DNA de seu esperma. “Relatos de quimera humana são muito raros, mas eles existem”, afirmou o Dr. Barry Starr, geneticista da Universidade de Stanford.

Sobre o autor:Grupo Genera

Deixe um comentário