COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR

Exame de
  • DNA
Forense

O que pode ser analisado?


Algumas pessoas que precisam realizar o exame de DNA muitas vezes não conseguem coletar sangue ou saliva dos envolvidos. Nesses casos específicos ainda existem várias possibilidades de amostras que podem ser utilizadas.
Para você entender melhor como funciona, em tese, qualquer tipo de amostra biológica é uma potencial fonte de DNA e pode ser utilizada para a realização do exame.
Isso ocorre pois nosso DNA é praticamente o mesmo em todas as partes do nosso corpo, sendo assim, tanto faz se o DNA veio da saliva, do sangue ou da unha do seu dedão do pé. O resultado do teste será exatamente o mesmo.

A principal diferença, portanto, entre essas diferentes possibilidades de amostras biológicas é que determinados materiais possuem mais DNA que outros e portanto são mais fáceis de serem analisados.
Abaixo, segue uma lista dos principais tipos de amostras que os clientes nos enviam com suas respectivas probabilidades de sucesso. Quanto maior, mais certeza que conseguiremos entregar o resultado.
Quando a amostra não nos provê DNA suficiente, não conseguimos fornecer um resultado ao cliente que poderá nos submeter nova amostra para análise.

Fios de Cabelo

Os fios de cabelo são a amostra forense mais conhecida para análise de DNA. Eles precisam obrigatoriamente estar com as raízes, ou seja, não servem cabelos cortados com a tesoura.
Taxa de sucesso = 75%

Unhas do pé ou mão

Depois do sangue e da saliva, as unhas se demonstram como melhor opção para se extrair DNA. As chances de sucesso são consideravelmente superiores aos fios de cabelo.
Taxa de sucesso = 90%

Roupas íntimas

Roupas íntimas femininas ou masculinas também podem ser analisadas. Para que consigamos extrair o perfil do indivíduo é necessário que haja algum tipo de secreção biológica no tecido.
Taxa de sucesso = muito variável

Chiclete

O chiclete possui DNA proveniente da boca uma vez que entra em contato com a saliva. Se bem conservado e coletado após seu descarte as chances de sucesso de análise aumentam consideravelmente.
Taxa de sucesso = 72%

Preservativo

O preservativo pode ser uma fonte de DNA tanto do homem que o utilizou quanto da mulher, caso tenha sido efetivamente utilizado com finalidades sexuais.
Taxa de sucesso = 81%

Bitucas de Cigarro

As bitucas de cigarro, embora sejam bem divulgadas nos filmes, não são a melhor maneira para se obter o DNA de um indivíduo.
Taxa de sucesso = 39%

Absorvente

Absorventes usados são fonte abundante de material biológico e de DNA. Se bem conservados possibilitam com facilidade a análise e genotipagem da amostra.
Taxa de sucesso = 83%

Escova de Dentes

Assim como o chiclete, a escova de dentes possui DNA pelo seu contato com a saliva. As chances de sucesso variam de acordo com o tempo de uso do objeto.
Taxa de sucesso = muito variável

Qual a melhor amostra forense?

Embora não seja de conhecimento geral, as unhas se demonstram como uma excelente fonte de DNA. Elas podem ser cortadas tanto dos pés quanto das mãos. Além da coleta ser fácil, o DNA não precisa de métodos especiais para sua conservação.

O que significa a Taxa de Sucesso?

Cada amostra possui uma chance de sucesso diferente que varia em função do tipo de amostra, de sua conservação e coleta. A taxa de sucesso indica a probabilidade de chegarmos a um resultado.

E se a amostra não der certo?

Se a amostra não conseguir ser analisada, infelizmente, o valor pago pelo exame não pode ser estornado. Isto ocorre pois mesmo quando não conseguimos chegar a um resultado, gastam-se reagentes e mão de obra técnica na análise.

O resultado é o mesmo que do sangue?

Sim, o resultado por qualquer uma destas amostras será exatamente igual ao do sangue ou saliva. O único problema que pode ocorrer é se houver alguma contaminação com outra amostra biológica durante a coleta.

Ainda tem dúvidas? Ligue para Central de Atendimento.